CFC capacita contadores sobre prestação de contas eleitorais

In Últimas Notícias by admin

A prestação de contas eleitorais é um processo que garante transparência e legitimidade sobre os recursos e gastos que foram realizados pelos candidatos durante a campanha. Na busca por um país sem corrupção, a medida é uma maneira de mostrar aos eleitores a lisura nas eleições. Pensando nisso, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) realizará, no dia 20 de junho, o Seminário “Financiamento de Campanha e Prestação de Contas Eleitorais”, em Brasília (DF). Com inscrições gratuitas, o encontro espera receber mais de 200 profissionais no auditório do CFC que serão multiplicadores na capacitação de cerca de 30 mil contadores.

Para as Eleições 2018, o evento contará com a participação do ministro do TSE Tarcísio Vieira de Carvalho Neto que falará sobre os desafios da justiça eleitoral este ano. Já o coordenador da Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa/TSE), Eron Pessoa Júnior, abordará as mudanças no âmbito do financiamento de campanha. Além disso, o seminário também realizará um debate com os integrantes da comissão eleitoral do CFC. Na pauta, temas como arrecadação; gasto eleitoral e obrigações; gestão – patrimônio e controle; gestão – teoria na prática; entrega das contas; e, também, sobre o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) – rede formada por entidades da sociedade civil, movimentos, organizações sociais e religiosas focadas em combater a corrupção eleitoral.

Segundo o coordenador da Comissão Eleitoral do CFC, conselheiro João Altair Caetano dos Santos, o encontro tem como objetivo a formação de multiplicadores regionais sobre a aplicabilidade das resoluções que regem as eleições tornando, assim, o pleito mais transparente. “A ideia é que essas pessoas capacitem mais de 30 mil profissionais em todo o País. Esses profissionais terão um papel importante no processo eleitoral ao acompanhar o dia a dia das campanhas, orientando quanto aos procedimentos de captação de recursos financeiros à correta aplicação, além de dar amplo conhecimento à sociedade sobre a lisura desses candidatos”, explica.

O seminário é fruto de uma parceria do CFC com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que atuam em conjunto desde 2014 quando os candidatos, responsáveis, ou não, pela administração financeira de suas campanhas, foram obrigados a contar com a orientação de uma profissional da contabilidade e de um advogado regularmente inscritos em seus conselhos de fiscalização. A partir de então, a fiscalização da prestação de contas eleitorais tornou-se ainda mais efetiva.

Contabilidade Eleitoral: da teoria à prática

Na ocasião, também será lançado o manual “Contabilidade Eleitoral: da teoria à prática”, um resumo que traz esclarecimentos sobre as principais alterações na legislação para as Eleições 2018. “O objetivo é ampliar o alcance das informações sobre o processo eleitoral e reforçar a importância do profissional da contabilidade nesse processo que busca a transparência e o compromisso com a ética”, ressalta o vice-presidente de Política Institucional do CFC, Joaquim Bezerra Filho.

A disputa eleitoral ocorrerá no dia 7 de outubro, em primeiro turno e, no dia 28 de outubro, nos casos de segundo turno. Os eleitores vão eleger o presidente da República, os governadores dos estados, dois terços dos senadores, os deputados federais, os estaduais e os distritais.